Imagem Ilustrativa Do Jejum De Daniel

É provável que você já tenha ouvido falar sobre as práticas de jejum mencionadas na Bíblia Sagrada.

No entanto, muitos não sabem ao certo o que significa jejuar.

Bem, para esclarecer esse assunto, primeiramente é necessário que você tenha em mente que jejuar está voltado para o nosso relacionamento com Deus.

Isto é, quando você jejua, sua vida espiritual se torna mais consistente, uma vez que, por meio do jejum, você é capaz de vencer qualquer tipo de tentação ou pecado que afasta o homem de Deus. 

Você faz um compromisso, se torna disciplinado, e se aproxima das coisas de Deus.

Em outras palavras, na prática do jejum você irá se abster de alimentos e fortalecer a sua comunhão com Deus através das orações e meditações na palavra.

Jejuar conforme a Bíblia Sagrada não é, portanto, deixar de se alimentar para emagrecer, mas para estabelecer uma posição por certo momento com a finalidade em adquirir uma experiência espiritual mais profunda.

Agora que já foi dito sobre o significado do jejum, aqui em específico você irá aprender o que é o jejum de Daniel juntamente com todos os aspectos que envolvem esse assunto.

Quer saber mais sobre esse assunto? Então, vamos lá!

O Que É o Jejum de Daniel?

A Bíblia Sagrada narra que o rei da Babilônia, na época o rei Nabucodonosor, ordenou que trouxessem nobres de Jerusalém — rapazes inteligentes e diferenciados.

Eles deveriam receber todo o conhecimento cultural da Babilônia.

Dentro desse quadro, o rei então estabeleceu o tipo de alimentação que tais jovens teriam que seguir.

Dessa forma, foi determinado que durante três anos eles comessem diariamente dos alimentos reais. “Determinou-lhes o rei a ração diária, das finas iguarias da mesa real e do vinho que ele bebia, e que assim fossem mantidos por três anos, ao cabo dos quais assistiriam diante do rei” (Daniel 1:5).

Segundo a Bíblia, esses rapazes foram Daniel e seus amigos Sadraque, Mesaque e Abedenego.

Essa situação  não é agradável aos israelitas, os quais seguem a Lei de Deus onde inclui regras de alimentação. Diante disso, Daniel toma uma decisão para que ele e seus amigos não fossem contaminados com aquelas iguarias pagãs.

Daniel procura então, receber a autorização do chefe dos Eunucos a fim de estabelecer um jejum diferente em que receberiam apenas legumes e água pelo mesmo período de três anos. “Peço-te que faças uma experiência com os teus servos por dez dias, dando-nos apenas legumes para comer e água para beber. (Daniel 1:12)

Além desse jejum, Daniel fez outro em que não comeu carne, não bebeu vinho, e não se perfumou durante o tempo de 21 dias.

Esse jejum teve a ver com uma visão de Daniel em que coisas ruins aconteceriam no mundo. Naqueles dias, eu, Daniel, pranteei durante três semanas. Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que passaram as três semanas inteiras” (Daniel 10:2-3)

Como Fazer o Jejum de Daniel?

Na época de Daniel ele decidiu não se contaminar com os manjares do rei, e seguiu então um jejum parcial com apenas legumes e água.

Mas, e hoje em dia, de acordo com a nossa realidade e cultura? Como fazer o Jejum de Daniel?

Bem, antes de qualquer coisa você deve lembrar, como já foi dito aqui, que jejum segundo a Bíblia Sagrada é uma prática de consagração a Deus; um momento para se desligar desse mundo e se conectar com as coisas do alto.

Para por fim você realizar o jejum de Daniel, não é preciso necessariamente seguir o mesmo tipo de alimentação, ou seja, comer apenas legumes e beber água.

O que estamos dizendo aqui é que: você pode estabelecer a forma em que será o seu jejum conforme o que for decidido em seu coração.

Assim, geralmente as pessoas que fazem esse jejum parcial, ou jejum de Daniel, retiram certos tipos de alimentos que costumam comer rotineiramente e práticas frequentes que possuem em seus cotidianos.

As Formas De Fazer o Jejum de Daniel:

Esse tipo de jejum pode ser feito de várias formas, mas, em geral, qualquer jejum de Daniel que você fizer deve incluir como ponto principal se abster de tudo aquilo que não traz um benefício verdadeiro para você.

Então, no que diz respeito à alimentação, você pode deixar de comer alimentos de costume que não são saudáveis apesar de atraentes, como guloseimas e comidas gordurosas, por exemplo.

Pode também deixar de praticar coisas que te distraem, isto é, aquelas atividades que tiram o seu foco de Deus e que são fúteis; como assistir coisas desnecessárias na televisão, no computador ou celular, dentre outras das diversas ociosidades e entretenimentos que nos dias de hoje são muito comuns na vida de qualquer pessoa.

Não se esqueça de meditar na palavra de Deus e de manter uma vida de oração constante.

Em relação à duração do Jejum de Daniel como foi dito aqui, o que a Bíblia Sagrada cita é que o jejum que ele fez juntamente com seus amigos durou três anos, mas o outro que ele fez tempos depois teve a duração de 21 dias.

Geralmente, as pessoas optam por esse período mais curto (de 21 dias).

Dessa forma, para realizar o jejum de Daniel, você deve observar a sua vida e a sua rotina para de forma particular, decidir o que deve ficar de fora e por quanto tempo será o seu jejum.

Estabeleça, portanto, como você vai fazer o jejum de Daniel e dê inicio a uma vida consagrada a Deus.

Jejum de Daniel 2021

O jejum de Daniel não é algo dos dias de hoje, e isso é claro e evidente. Porém, tem ganhado força ultimamente no mundo cristão. Principalmente no meio das igrejas protestantes.

Diversas igrejas tem proposto esse jejum parcial em que alguns alimentos devem ficar de fora e que a vida deve estar consagrada a Deus pelo período de 21 dias.

Durante esse tempo, a pessoa que jejuar deverá deixar alimentos como doces, refrigerantes, carnes e outras coisas que gosta.

Além dessa modificação na alimentação, também deixar certas atividades como lazer, internet e relação sexual se estiver em comum acordo com o cônjuge.

Mais Detalhes Sobre Jejum de Daniel.

Deve ficar claro para você que a Bíblia Sagrada relata diversas questões e dentro delas está a prática do jejum.

Porém, essas citações na palavra de Deus são descritas para que você tenha como exemplo o que pode ser feito e suas consequências.

No caso do jejum, os alimentos retirados, a duração, e como ele deverá ser realizado vão depender de você mesmo.

O que não pode faltar é uma entrega verdadeira ao propósito que você fizer em relação à comunhão com Deus.

É dizer que a partir do momento em que você estabelecer tudo que será feito, deve seguir com vontade e com fé.

Visto o significado de jejuar e o jejum de Daniel, aqui especificado, vale lembrar que ainda que haja diversos tipos de jejum relatados na Bíblia Sagrada, todos tem o mesmo propósito que é fazer com que deixemos nossa principal necessidade humana; a de se alimentar, para nos dedicarmos a ouvir a palavra de Deus.

Assim sendo, se você pretende aderir a qualquer tipo de jejum, saiba que isso não somente deve ser feito com sinceridade de coração, mas também deve ser de acordo com um objetivo claro e adequado à sua vida em particular.

Você Comete Esses Erros Ao Ler a Bíblia?

Nós preparamos um super conteúdo que mostra quais os 4 principais erros cometidos por cristãos ao ler a Bíblia.

Será que você comete alguns desses erros?

Além de apresentar quais são esses erros você vai aprender como ler a Bíblia com mais facilidade e regularidade.

E, principalmente, como ter uma compreensão maior dos textos bíblicos sem precisar sair de casa.

Clique aqui ou no botão abaixo e descubra os 4 erros mais comuns na leitura bíblica. (o quarto erro é o mais comum de todos…)

Clique Aqui Para Ler Agora o Artigo

 

 

 

 

 


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!